Sistema Agroflorestal na Várzea

Sistema Agroflorestal na Várzea

Buscando a proteção e enriquecimento do sistema florestal na Várzea, o Instituto Amigos da Floresta Amazônica (ASFLORA), desde 2013, desenvolve um projeto de conservação das vegetações localizadas nas margens de córregos, lagos e nascentes, também conhecidas como Vegetação Ciliar.

O Sistema Agroflorestal na várzea tem como objetivo prestar apoio aos agricultores e  ribeirinhos locais, como também gerar valores nas comunidades através do enriquecimento florestal, desde a introdução de espécies frutíferas ao combate de erosões influenciadas pela maré. A conscientização ambiental é gerada via cursos e  informações atualizadas para os agricultores e peças para a criançada, abordando temáticas sobre o meio ambiente, fauna, flora, tratamento de resíduos sólidos e qualidade da água.

Para a implantação da tecnologia nas comunidades, os coordenadores do Instituto Amigos da Floresta Amazônica realizam um levantamento socioeconômico juntamente com as safs. Os agricultores locais também recebem cursos de criação de peixes e camarões, tecnologia de sementes para produção de mudas, saboaria artesanal, empreendedorismo e também, uma vez por ano, são convidados para participar do seminário sobre tecnologia de safs em Tomé-Açu.

Matas Ciliares –  desempenham uma função ambiental de extrema importância na manutenção da qualidade da água, estabilidade dos solos, regularização dos ciclos hidrológicos e conservação da biodiversidade. No território brasileiro, as matas ciliares estão presentes nos biomas: cerrado, mata atlântica, caatinga, pantanal, e pampa.

 

 

 

 

top